quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Vidas humanas



Viaduto em construção desaba em Fortaleza e mata dois operários
No momento do acidente, havia cerca de 30 trabalhadores no local fazendo concretagem das estruturas
Luísa Cortés, do Portal PINIweb
23/Fevereiro/2016




Desabou na última segunda-feira (22) um viaduto em construção no cruzamento das avenidas Governador Raul Barbosa e General Murilo Borges, no bairro de Aerolândia, em Fortaleza, no Ceará. Dois operários morreram e sete ficaram feridos. No momento do acidente, havia cerca de 30 trabalhadores no local fazendo concretagem das estruturas.


Segundo informações da Agência Brasil, uma das estruturas metálicas de escoramento utilizadas na construção da ponte sobre o Canal do Lagamar desabou. Em entrevista, o presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará (Crea-CE), Victor Frota, afirmou a viga que estava sendo concretada tinha a mesma estrutura de outra, ao lado, que já havia passado por esse processo sem nenhum dano. “Os sistemas de escoramento eram exatamente iguais e, na primeira viga, não houve nada. Isso não acontece normalmente, mas pode ocorrer em estruturas pesadas, onde há cargas pesadas e peças grandes”, disse à Agência Brasil.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o trabalho de resgate dos corpos terminou por volta das 3h00 da madrugada de hoje (23). Durante algumas horas, a operação teve de ser suspensa por risco de novo desabamento. As buscas foram retomadas à 1h30.

Três das sete vítimas da queda da estrutura foram levadas para o Instituto Dr. José Frota (IJF). Um dos trabalhadores teve alta ainda hoje, e os outros dois seguem internados em observação, mas fora de perigo. As demais vítimas sofreram ferimentos leves, e não precisaram ser hospitalizadas.

Em nota, a Prefeitura de Fortaleza solidarizou-se com as famílias das vítimas e anunciou medidas para a constituição de uma comissão de investigação, envolvendo órgãos da Prefeitura, Crea, Ministério Público, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, especialistas e o Ministério do Trabalho para apurar as causas do acidente.

A Construtora Ferreira Guedes, responsável pelas obras, afirmou lamentar profundamente o ocorrido, e disse estar prestando apoio às vítimas e seus familiares. Diz também que “prestará toda colaboração para a rigorosa apuração de todos os fatos e a responsabilidade de cada uma das empresas contratadas”. Ironicamente, a construtora conquistou, em 2014, o Prêmio Seconci-SP de Saúde e Segurança no Trabalho, na categoria Controle de Perigos e Riscos no Canteiro.

Iniciadas em junho de 2015, as obras em Aerolândia são voltadas para a construção de uma rotatória e de dois viadutos no cruzamento das avenidas Governador Raul Barbosa e General Murilo Borges. A primeira etapa do processo consiste na duplicação e no alteamento em 1,5 metro da ponte sobre o canal do Lagamar e na construção de uma nova ponte que terá o sentido inverso.